Como desentupir e limpar calhas

Como desentupir e limpar calhas

Como Desentupir e Limpar Calhas

Nas temporadas de chuvas, elas são importantes para levar a água para o ralo e encanamento pluvial, mas as calhas para manterem seu papel de qualidade, precisam também estar bem limpas e sem entupimentos.

Como desentupir e limpar calhas

Calhas são dispositivos importantes para manter a água da chuva no lugar certo e se existem entupimentos, podem acontecer inúmeros problemas como infiltrações e transbordamentos. Para entender melhor esse assunto, saiba como desentupir e limpar calhas para manter seu funcionamento perfeito.

Entupimentos de canos

Entupimentos causam vários transtornos em uma residência e muitas vezes só é percebido depois que a obstrução é completa. Somente no estado de São Paulo, a Sabesp confirma mais de 60 mil desentupimentos de esgoto todos os anos, sendo que mais da metade se concentra na capital e região metropolitana.

Ou seja, entupimentos são problemas sérios que podem comprometer o funcionamento correto de funções básicas de uma casa e por isso não podem ser situações deixadas para depois, mas feitas com rapidez para gerar o mínimo de contratempos posteriores.

Entupimentos causam odor desagradável, transbordamento de água de vasos e ralos, além de ser um agravante que pode trazer riscos a saúde de todos os moradores da residência. 

Além de entupimentos no esgoto, os entupimentos podem ser localizados, ou seja, em alguns locais específicos que não ocorram entupimento total. Por exemplo em ralos e vaso sanitário, pode acontecer entupimentos superficiais que não deixam a água escoar e nesses casos, é preciso uma limpeza e desobstrução para que flua normalmente.

Calhas

Além dos entupimentos mais conhecidos, o entupimento de calha também é outro problema que pode trazer muita dor de cabeça. As calhas são encanamentos colocados em beirais de casas ou diretamente ligado aos telhados, recebendo toda água da chuva. 

Calhas

As calhas possuem um cano em meia lua e ligado a outra tubulação, que é direcionado para ralos de encanamentos de águas pluviais. As calhas podem ser de variados materiais como:

  • Calhas de PVC As calhas de PVC são baratas e leves, fáceis de instalar e manusear. Possuem também corpo mais fácil de receber tinta por exemplo e possui boa resistência ao sol e chuva;
  • Calhas de aço galvanizado Resistentes a ferrugem, as Calhas de Aço galvanizado são outra excelente opção, além de serem resistentes e duráveis, inclusive se receber peso por cima;
  • Calhas de Zinco Muito comuns, as Calhas de Zinco também possuem resistência a ferrugem e não quebram com facilidade, além de ter um preço baixo, geralmente usada junto com as tubulações de pvc. As calhas de zinco são indicadas para uso em casas na praia, por não se deteriorar com a ação do sal do mar.

Uma das importâncias da calha é evitar que a cada chuva, a água caia do telhado e não seja direcionada para o ralo de águas pluviais. Quando isso acontece, a água pode ficar represada em alguns locais, causando infiltrações.

Outro ponto da importância das calhas, é que elas dão acabamento visual as fachadas e telhados, deixando a casa mais harmoniosa. 

Como Fazer o Desentupimento de calhas

Folhas e objetos trazidos pelo vento, além de pó acumulado, são apenas alguns tipos de sujeira que podem ficar retidos em uma calha, e comprometer seu funcionamento correto.

Como Fazer o Desentupimento de calhas

Quando a calha está entupida, a água que vem do telhado passa por cima da sujeira ou acumulada, de modo a não conseguir escoar pela tubulação e ir para o ralo pluvial. Entupimentos de calha podem causar, entre muitos problemas infiltrações. 

Por exemplo, uma calha junta a uma parede, pode ficar cheia de água e esta causar umidade no local. Além disso, calha entupida e com água parada, pode ser um criadouro de mosquitos como os da dengue.

Por isso é importantíssimo fazer a limpeza geral das calhas ou sempre observar se está escoando a água normalmente. Para fazer a limpeza de calhas, em casas de pé direito baixo, é possível que o próprio morador consiga fazer. Ele vai precisar:

  • Kit de jardinagem pequeno com pá e garfo;
  • Saco de lixo;
  • Água e sabão;
  • Luvas.

Primeiro, acesse a calha com uma escada e observe se existe muito lixo;

Depois utilize o garfo para mover as folhas e lixo e comece a retirar com a pá;

Jogue tudo dentro do saco de lixo e com a calha sem folhas, faça uma limpeza com água e sabão. Enxague.

Observe se a tubulação que descarta a água no ralo pluvial está com entupimentos. No caso de ter entupimento, é preciso analisar qual a gravidade do problema, pois alguns tipos de entupimentos dessas áreas, necessitam de profissionais especializados.

Não é indicado o uso de produtos químicos como soda cáustica, pois esse tipo de produto pode corroer encanamentos, além de ser perigoso para saúde. O uso de paliativos caseiros como água quente com bicarbonato, vinagre e sal, também não são indicados, pois não serão eficientes quando a obstrução é muito grave.

Encanamento de esgoto de águas pluviais

O encanamento de águas pluviais é uma tubulação específica para chuva, obrigatória em residências e condomínios. Esse tipo de encanamento tem por finalidade,  evitar que a água da chuva se acumule a água do esgoto, causando entupimentos. Além disso, esse tipo de encanamento garante um tratamento diferenciado a água da chuva.

Em cidades como São Paulo, é obrigatório esse tipo de encanamento, passível de multa quando é inexistente. As calhas, assim como ralos externos, todos devem ter ligação com esse tipo de encanamento. 

Desentupimento profissional de calhas

A limpeza de calhas pode parecer simples, mas se há obstrução das tubulações, somente um serviço profissional pode corrigir o problema. Para uma calha com funcionamento perfeito e tubulações limpas sem obstruções para chuva, entre em contato agora com uma desentupidora perto de você e obtenha serviço completo de limpeza.

Desentupimento profissional de calhas

Desentupidora ainda oferece serviço de desentupimento e limpeza profissional de esgoto, ralos e pias, além de vaso sanitário e caixa de gordura, com a limpeza de caixa d´água e com preços acessíveis, qualidade e agilidade, com garantia e tranquilidade para você e sua família. 

Como combater infiltrações em lajes e estruturas

Como combater infiltrações em lajes e estruturas

Como combater infiltrações em lajes e estruturas

Elas começam de forma muitas vezes silenciosa, escondida e vão aparecendo aos poucos, crescendo e criando sintomas claros de que existe um problema grave que deve ser combatido logo.

Como combater infiltrações em lajes e estruturas

Mas nem sempre combatemos rapidamente uma infiltração, seja por falta de dinheiro ou negligência, a verdade é que a maioria de nós só tomar uma atitude quando lajes e estruturas estão numa situação arriscada, e precisam de uma solução…o que pode se tornar algo ainda mais caro.

O importante é resolver o problema de infiltrações e uma dica é fazer a Impermeabilização total de lajes, estruturas, pisos e paredes, evitando que a situação se torne ainda mais séria. Confira o que é e a importância da Impermeabilização e como ela ajuda a combater infiltrações em sua casa.

O que são as infiltrações

Infiltrações em lajes e estruturas em geral podem ocorrer com certa frequência, e por isso é tão importante que a impermeabilização seja feita sempre para evitar essas complicações. Mas afinal, o que são infiltrações?

O que são as infiltrações

Toda umidade revela uma infiltração, quando a água, seja da chuva ou de um cano furado, acaba entrando em um vão ou sendo absorvida por uma estrutura. 

A porosidade de blocos e a qualidade das argamassas atuais conseguem combater até certo ponto a umidade, porém quando ela é constante, o que ocorre é um enfraquecimento da estrutura, que com o tempo pode se tornar um risco.

Um local sem cobertura por exemplo, como uma laje de uma casa sem telhado, pode com o tempo apresentar rachaduras e infiltrações por conta da água da chuva. Se não houver o cuidado de usar telhas e produto de impermeabilização, logo a laje começará a apresentar umidade.

As infiltrações começam, cada vez que chove e dependendo do tempo que o local fica encharcado, acaba havendo enfraquecimento do cimento e da laje em si, favorecendo o aparecimento de goteiras e posteriormente rachaduras e infiltrações mais severas. 

Uma boa impermeabilização evita que esse problema continue, e no mercado existem vários tipos de impermeabilizantes, cada um ideal para cada necessidade. 

O que é Impermeabilização

A impermeabilização é um processo onde se usa produtos químicos para vedar materiais porosos, de forma que ele crie uma película que protege esse material e estrutura da ação da água.

O que é Impermeabilização

A água quando em contato com materiais como blocos e cimento, se for constante, pode enfraquecer e apodrecer a estrutura a médio e até longo prazo. Casos de queda de marquises e lajes por exemplo, geralmente acontecem pela falta de manutenção e responsabilidade no cuidado com uma boa impermeabilização do local.

Em ambientes externos, o maior causador desse problemas é a chuva, que pode encharcar locais, além de, dependendo da forma como foi feita uma laje por exemplo, se houver água represada ela irá umedecendo o local e infiltrando até começar a gotejar no ambiente abaixo.

Outro causador de infiltrações são canos furados, que nesse caso pode ser ainda mais grave, já que o problema é constante e muitas vezes imperceptível. Nesse caso, além da impermeabilização, é preciso o conserto total do cano para acabar o problema. 

Basicamente há dois tipos de impermeabilizantes: os rígidos e os flexíveis. Os impermeabilizantes rígidos usam aditivos químicos diretos no local da infiltração e não pode ocorrer variações grandes de temperatura. Os locais com mais utilização desse tipo de produto são locais como subsolos e piscinas.

 Os impermeabilizantes flexíveis são a base de polímeros ou elastômeros, produtos químicos indicados para locais com variação de temperatura, além de áreas cobertas ou sem cobertura.

O uso é recomendado para trincas e rachaduras, além de paredes, pisos e lajes, como varandas e locais abertos. O impermeabilizante flexível possui vários tipos como:

  • Argamassa Polimérica;
  • Emulsão acrílica;
  • Emulsão asfáltica;
  • Hidrofugante;
  • Hidrorepelente;
  • Manta asfáltica.

A Argamassa Polimérica é como um cimento em bisnaga, um produto pronto e mais fácil de usar do que o cimento comum, que deve ser preparado com cal e água. Possui em sua composição polímeros que auxiliam no combate da umidade e infiltrações.

A Emulsão Asfáltica e a Acrílica são feitas com elastômero e devem ser aplicadas a frio. A diferença entre elas é que a Asfáltica é indicada para áreas com proteção como toldos e a Acrílica é aplicada como uma tinta comum e indicada para áreas abertas. 

O hidrofugante é um impermeabilizante indicado para fachadas de residências e até prédios, já que impede a circulação da água. Pode ser usado em telhas, blocos cerâmicos e pastilhas.

Já o Hidrorepelente possui a mesma qualidade e propriedade do Hidrofugante, porém é indicado para áreas molhadas e materiais que devem se manter secos como azulejos e pisos de banheiro. Ele isola a umidade, preenche infiltrações e ainda possui ação antibacteriana e antifúngica. 

A manta Asfáltica, uma das mais conhecidas no mercado, possui base com polímeros e aplicada em lajes e locais com reservatório de água. A cobertura é completa e oferece alta proteção. A aplicação porém da manta asfáltica é através de profissionais, já que é utilizado maçarico para fazer a fixação do produto no local e dado o acabamento necessário.

Como evitar infiltrações e Vazamentos

Para evitar problemas com infiltrações e vazamentos só existe uma saída: manutenção e estar atento na hora de construir, para que um pequeno erro não coloque em risco a qualidade da obra a longo prazo. Algumas dicas importantes:

  • Toda laje deve ter uma pequena inclinação e principalmente para onde estão os ralos, pois dessa forma a cada chuva, a água irá para o local correto para seu descarte, ao invés de represar em áreas sem caimento;
  • A laje deve sempre ter proteção, seja de telhas ou qualquer outro tipo de cobertura. A impermeabilização é fundamental para manter a prevenção a umidade e infiltrações no local;
  • Não basta ter telhas sobre a laje se elas estiverem quebradas ou soltas. É importante sempre fazer uma manutenção, observando se é necessário a troca de alguma quebrada, pois qualquer fissura pode ser a entrada de água para causar infiltrações;
  • Outra maneira de manter a impermeabilização é colocando pisos sobre a laje, mas é importante que haja a impermeabilização antes de coloca-los e logo depois sobre eles para que não haja a menor chance da água passar.